Excesso de sol traz prejuízos à visão

Excesso de sol traz prejuízos à visão

Raios

Sol, água e descanso. Essa parece ser a combinação ideal para muitos brasileiros. Porém, ela também serve de alerta quando falamos dos riscos associados à exposição ao sol sem proteção adequada.

 

De acordo com o doutor Leôncio Queiroz Neto, oftalmologista e consultor médico da Abióptica (Associação Brasileira da Indústria Óptica), devemos ficar atentos a qualquer problema ocular. “Muitas manifestações como queimaduras, escurecimento, degeneração da pele e das pálpebras e fotoceratite podem ser apresentadas logo após a exposição ao sol e podem causar sintomas como vermelhidão, ressecamento, sensação de areia, corpo estranho e inflamação da córnea”, explica o médico.

 

Além disso, o efeito cumulativo da radiação também pode ser sentida em longo prazo, com aparecimento de pterígio, catarata senil e degeneração macular (retina).

 

Para evitar essas complicações é preciso usar sempre óculos solares que contenham lentes com 100% de proteção UV. “As lentes com proteção passam por controle de qualidade e recebem resinas que além da radiação UV absorvem parte da luz azul, responsável por provocar catarata e degeneração macular precoce”, afirma o oftalmologista.

 

O médico destaca ainda, a importância de adquirir um produto original e de qualidade. “As lentes sem proteção são piores do que a falta de óculos de sol. Isso porque o escurecimento provoca a dilatação da pupila e permite a penetração de uma maior quantidade de radiação nos olhos, o que pode levar danos ao cristalino e a retina”, revela o doutor Leôncio.

 

Algumas dicas em relação as lentes também podem ajudar o consumidor na hora da compra, entre elas, a cor. Segundo o doutor Leôncio Queiroz Neto, bons óculos escuros ajustam a qualidade de luz que chega aos olhos sem alterar a visibilidade. “Para o dia a dia as melhores cores são âmbar, marrom e cinza, que permitem boa visão de contraste e profundidade, além de reduzirem reflexos. Para dirigir em dias nublados as lentes cinza são as ideais, pois permitem melhor visão de contraste.

 

Já para os praticantes de esportes aquáticos, as lentes rosa e púrpura melhoram a visão de contraste em fundos verdes ou azuis. No lusco-fusco do entardecer, lentes amarelas reduzem o ofuscamento de motoristas provocados pela luz dos faróis”, finaliza.

 

Fonte: Leôncio Queiroz Neto

Os comentários estão desativados.